Top

Escrever sobre Santiago no Chile é convite para um jantar agradável! É um dos destinos muito querido pelos brasileiros. O chile de uma forma geral possui belezas distintas para você gastar um mês, ou voltar várias vezes! Temos ao sul os lagos andinos, que vamos falar em outro post, assim como um deserto ao norte que estará descrito em breve também, para finalizar temos uma metrópole ao centro! Sabe aquele lugar que você é extremamente bem recebido? Você se sentirá assim em Santiago e em qualquer outra parte do Chile! Hospitalidade está no sangue! E por esse e outros motivos que vamos relatar, somos apaixonados pelo Chile!

Vamos descrever um roteiro de 7 dias mas você pode adaptá-lo para 1, 2 até 7 dias de acordo com o seu gosto! 🙂

No primeiro dia, por conta dos deslocamentos, costumo deixar para me preparar os demais dias. Assim hospedo, vou ao mercadinho próximo (adoro ver o que tem de diferente daqui!), compro lanches, água, faço a troca de câmbio e já agendo os passeios que são necessários. No caso de Santiago, vamos falar de alguns passeios que precisamos agendar caso queira ir com uma agência, ou alugar um carro. É o caso do Vale Nevado, Viña del Mar com VAlparaíso e para as Vinículas. Dessa forma conseguimos adaptar o roteiro para não perder nenhuma hora dos demais dias! Viajar é vida, vamos aproveitar cada minuto!

1º dia: Centro de Santiago

O centro de Santiago é muito fácil de andar e as pessoas são muito solícitas! Pode perguntar que sempre irão auxiliar. Os pontos citados abaixo são possíveis de visitar tudo a pé, são pertinhos:

Cerro San Cristóbal, Parque metropolitano e Zoológico – O legal é ir bem cedo e subir de Funicular ou Teleférico, o Funicular não é muito comum no Brasil, é um passeio super interessante! Há duas opções de subida, uma delas pára no zoológico. Leve uma blusa pois é um dos pontos mais altos da cidade e faz muito frio! Lá de cima tem uma vista de toda a cidade! Aproveite e faça um passeio pelo parque metropolitano, tome um chá de pêssego com trigo e coma uma empanada! é muito bom! Há um mini jardim japonês também bem legal neste parque. É possível subir a pé ou de carro também porém acho bem cansativo, por conta da altitude.

La Chascona  – Para aproveitar o caminho de volta, passe na casa de Pablo Neruda que fica  próxima ao Cerro San Cristóbal. Caso seja um admirador de artes, vale a pena passar por lá na volta antes de seguir! Vamos falar de outras atrações de Pablo no caminho para Viña del mar.

Mercado Central –  O mercado central é onde você encontra tudo sobre a culinária chilena e pode desfrutar de todos os frutos do mar! Há também várias frutas que é legal experimentar ou saber um pouco mais! Cereja e morango lá é muito barato! Fica a dica! Coma bastante, mas não é permitido trazer no voo. Tive afta de tanta cereja que comi! Vale a pena experimentar também o “pastel de choclo” (particularmente eu não gostei como todos falam, pode ser que tenha comprado no lugar errado), não é bem um pastel é uma massa de milho e no meio colocam frango, cobrem com o restante de massa de milho e assam. De frente ao Mercado Central, tem um outro mercadinho, mais popular, caso queira comprar alguma coisa também é uma boa opção mais barata. Apenas cuidado, pois como é o centro de Santiago, é necessário ter um cuidado com as grandes metrópoles.

Catedral Metropolitana de Santiago e Plaza de Armas – Está localizada na Plaza de Armas de Santiago, são pontos turísticos imprescindíveis de visitar no Chile. São considerados também Monumentos Nacionais do Chile.

Palacio de la Moneda – Bem perto da Catedral está outro ponto turístico muito visitado, que é o Palácio La Moneda, sede do Governo do Chile. Precisa de agendamento para visitar dentro do prédio, mas além de ser muito interessante é de graça, e abaixo do palácio existe um centro cultural. Não deixe de assistir a troca da guarda, um espetáculo muito tradicional. Ela acontece a cada dois dias e você pode consultar no site santiagocapital.cl. Algo muito legal é visita guiada, mas faça o agendamento com antecedência no site: https://visitasguiadas.presidencia.cl/

Bairro Patronato – Para finalizar o dia, vale a pena dar uma volta antes neste bairro, que é um centro comercial que você encontrará tudo muito barato relacionado a roupas, acessórios, malas, tênis, artigos para esportes. Fica ao lado do bairro Bela vista, então é tranquilo ir a pé.

Cerro Santa Lucía – Está bem no centro de Santiago, é um parque com vários monumentos e jardins. é legal ir mais no final da tarde, assim você pode aproveitar e ir em uma feira que há em frente e compras as lembrancinhas de volta e conhecer também os artefatos feitos de pedra Lápis-lazúli. Faça uma caminhada devagar até o ponto mais alto. tem uma vista linda! Mas suba devagar. pois a altura é bem cansativa para quem não esta acostumado (já falei que tenho um problema com altura né?)

2º dia: Viña del mar e Valparaíso

Viña del mar e Valparaíso – Essas duas cidades podem ser visitadas em um único dia e  ficam próximas da cidade de Santiago. Faz parte do litoral e você poderá pôr o pé no Pacífico. Só o pé, pois é um gelo!!!! Aproveitando…leve blusa de frio! (Perrengue de viagem: eu fui de bermuda e camisa apenas, pensa num frio? kkkkk) É o passeio bate-volta e o melhor seria contratar um tour, assim já te levam a todos os pontos turísticos. Próximo ao porto você pode fazer um passeio também de barco no Pacífico para ver o Leão Marinho!

Bairro Bella Vista – Aproveite a noite no bairro Boêmio de Santiago. o bairro Bella Vista. Procure pela parte do Pio Nono que concentra muitos restaurantes e bares. Sente-se, desfrute de uma das culinárias e de uma bebida chamada Pisco, cuidado com a quantidade! 

3º dia: Vale Nevado ou El Colorado

Vale Nevado – O Vale Nevado é muito famoso e um local imperdível para quem vai ao Chile. É a oportunidade de dizer que esteve nas Cordilheira dos Andes! O turismo ocorre tanto no verão quanto no inverno, sendo que no verão as atividades são várias como cavalgada, esportes radicais, mountains bikes e o passeio no teleférico. Mas é no inverno que a neve toma conta do vale, deixando a paisagem ainda mais encantadora e possibilitando outros tipos de esportes radicais como esqui!

El Colorado – É também uma estação de esqui se você tem vontade, gosta de esquiar! Quem vai com crianças tem uma escola de esqui.

Em ambas atrações há restaurantes para você curtir a vista. Uma dica é que caso você tenha problema com altura, leve medicamentos para “mal de altura”. Uma neosaldina por exemplo, ou algo similar.

O ideal é contratar uma agência para ir, assim você será orientado com relação a roupas e equipamentos. Não recomendamos ir de carro, pois para andar na neve, é necessário colocar correntes nas rodas. Fora que não estamos acostumados a dirigir na neve, não é mesmo?

4º dia: Vinículas e Skycostanera

Vinícola Concha y Toro – Há diversas vinícolas próximas a Santiago mas a mais conhecida é a Concha y Toro, com o seu vinho mais famoso: Casilleiro del Diablo, é bem legal o passeio e ouvir as histórias que não vou dar spoiler aqui! 

Skycostanera – Esse é o prédio mais alto da América Latina, e, uma “atração” em especial é o Restaurante Giratório, que fica no último andar do prédio. Esse prédio tem a estrutura central fixa, mas o resto não, então no restaurante o salão com as mesas faz um giro lento de 360° em torno do eixo, possibilitando comer com a vista da cidade toda literalmente! Logicamente que um local desses precisa de agendamento, principalmente para o jantar.

5º dia: Museus, Bairro providência, Ocean Pacific’s

Uma opção boa e barata para em Santiago são os museus: Museu Nacional de Bellas Artes, Museu Histórico Nacional e Museu Nacional de História Natural (esse último tem incríveis coleções de fósseis).

O bairro da Previdência é considerado um dos mais belos e conhecidos de Santiago, e existe um tour de graça feito com guias credenciados falando tudo sobre a história da cidade. Todos os tours gratuitos estão neste site: www.santiagocapital.cl/

O Ocean Pacific’s é um restaurante temático enorme que lembra o interior de um submarino, inclusive tem um fóssil de baleia no salão principal. Uma boa pedida são ostras e mexilhões com queijo, uma maravilha sem igual!

6º dia: Bairro Lastarria e Pátio Bella Vista

Ir ao bairro Lastarria é um ótimo lugar para dar um passeio a qualquer hora do dia e escolher um dos muitos restaurantes e cafeterias. Dê preferência para ir durante os finais de semana, as calçadas recebem feiras de todos os tipos, tendo a oportunidade de encontrar algo diferente do Chile!

O Pátio Bella Vista fica um pouco mais distante do centro, mas vale a pena ir é o shopping Bella Vista. É acessível de metro (fui dessa forma pois queria conhecer o transporte, que é muito seguro) ou também de taxi.

7º dia: Cajón del Maipo

Essa atração fica em uma região afastada de Santiago e aproximadamente 2500 metros de altitude. É um passeio para o o dia todo, mas vale muito a pena! sou suspeito pois as paisagens chilenas são encantadoras!

Gostou do nosso roteiro? Quer montar um roteiro para você? Teremos um prazer imenso em ajudar! Basta preencher o formulário do nosso personal tour que retornamos com tudo que você precisa! Gratuitamente!



post a comment